ANESTESIA PARA IMPLANTE DE ESTIMULADOR CEREBRAL PROFUNDO: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Ronan Arnon Camilo De Anchieta
  • Fernanda S. Caporossi Anchieta
  • Atahaulpa Caue Paim Strapasson

DOI:

https://doi.org/10.52908/coorte.v16i16.319

Resumo

A estimulação cerebral profunda é usada para tratar uma variedade de doenças neurológicas e psiquiátricas, incluindo doença de Parkinson. A escolha da melhor técnica anestésica para a colocação do eletrodo cerebral profundo é debatida entre anestesiologistas e neurocirurgiões. Objetivo: Revisão de literatura dos achados científicos dos desfechos clínicos, prognóstico, custos e taxa de internação de pacientes com doença de Parkinson submetidos a implante de eletrodo cerebral profundo, sob anestesia geral ou sob sedação leve/ansiolise. Métodos: Revisão bibliográfica na base de dados PUBMED. Conclusão: Resultados cirúrgicos e clínicos de pacientes submetidos a implante de eletrodo cerebral profundo para doença de Parkinson, sob anestesia geral ou sob sedação leve são estatisticamente similares.

Palavras-Chave: Anestesia geral; Sedação consciente; Doença de Parkinson; Estimulação encefálica profunda.

Downloads

Publicado

12/20/2023

Como Citar

Anchieta, R. A. C. D., Anchieta, F. S. C., & Strapasson, A. C. P. (2023). ANESTESIA PARA IMPLANTE DE ESTIMULADOR CEREBRAL PROFUNDO: REVISÃO DE LITERATURA. COORTE - Revista Científica Do Hospital Santa Rosa, 16(16). https://doi.org/10.52908/coorte.v16i16.319

Edição

Seção

Artigos Originais / Artigos de Revisão