EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS DO APÊNDICE EM ADULTOS NOS ANOS DE 2019 E 2020 NO BRASIL

Autores

  • Paulo Luiz Batista Nogueira
  • Jhonatan Talhamento Mariano
  • Matheus Silva Martos
  • Victor Borges Da Silva Heinen
  • Eduardo Martines Trevisan
  • Lucas Bussiki Corrêa Da Costa
  • Matheus Araújo Souza
  • Gabriel Fontes Oliveira
  • Leonardo Vitor Correia Teodoro

DOI:

https://doi.org/10.52908/coorte.v16i16.312

Resumo

A apendicite aguda no Brasil tem uma prevalência elevada e é responsável por uma grande quantidade de internações hospitalares e cirurgias de emergência. A ocorrência é maior entre homens com faixa etária comum em adolescentes e adultos jovens. O tratamento de escolha é a apendicectomia laparoscópica e apresenta baixa incidência de mortalidade. Objetivo: Identificar os fatores epidemiológicos das hospitalizações por doenças que acometem o apêndice vermiforme ocorridas no Brasil entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Metodos: Trata-se de um estudo epidemiológico, observacional, analítico de corte transversal utilizando dados do Sistema de Internações Hospitalares nos anos de 2019 e 2020. Foram incluídos pacientes maiores de idade, internação em caráter de urgência, especialidade do leito como cirúrgico e com diagnóstico principal preenchido com códigos CID-10 referente às doenças do apêndice, com as seguintes variáveis: ano e mês de competência, caráter da internação, idade, diagnóstico principal, dias de permanência, utilização de UTI, evolução, região de residência, número da AIH, procedimento realizado, raça/cor, sexo e valor total. Resultados e Conclusão: Foram observados um total de 155.430 hospitalizações, com idade média de 35,35 anos, maioria pertencente ao sexo masculino e a raça/cor branca ou parda. A evolução por alta foi predominante e o custo hospitalar médio de R$ 702,00 sendo a região mais prevalente no Brasil o Sudeste.

Palavras-Chave: Apendicite; COVID-19; Hospitalização; Epidemiologia.

Downloads

Publicado

12/20/2023

Como Citar

Nogueira, P. L. B., Mariano, J. T., Martos, M. S., Heinen, V. B. D. S., Trevisan, E. M., Costa, L. B. C. D., … Teodoro, L. V. C. (2023). EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS DO APÊNDICE EM ADULTOS NOS ANOS DE 2019 E 2020 NO BRASIL. COORTE - Revista Científica Do Hospital Santa Rosa, 16(16). https://doi.org/10.52908/coorte.v16i16.312

Edição

Seção

Artigos Originais / Artigos de Revisão