Helycobacter Pylori Recidivado: qual o tratamento?

Alexandre Rezende Veloso, Cervantes Caporossi, Nayara Menezes do Amaral

Resumo


Resumo: A erradicação do Helicobacter pylori (HP) leva a cura da Doença Ulcerosa Péptica (DUP) e suas complicações. O seu tratamento é também recomendado para úlceras gástricas, linfoma gástrico do tipo MALT, após ressecção endoscópica da mucosa no câncer gástrico precoce, em gastrite atrófica e no pólipo gástrico hiperplásico. Vários são os esquemas de tratamento, com índices de erradicação girando em torno de 80%. Entretanto, na dependência do método empregado na avaliação, a sua recidiva pode ser considerada alta. Diante da necessidade de retratamento, devem ser rastreadas as possíveis causas como má adesão ao tratamento, reinfecção, recrudescência e cepas resistentes, notadamente à claritromicina. Cabe ao médico, em virtude da importância do sucesso do tratamento, acompanhar o paciente em todas as etapas envolvidas no objetivo de erradicar o HP.
Descritores: helicobacter pylori; doença ulcerosa péptica; recidiva; retratamento;


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 COORTE - Revista Científica do Hospital Santa Rosa

* e-ISSN:  2358-3622

*    ISSN: 2178-0544

_____________________________________________________________________________________________________________________

Indexada em: