Perfil epidemiológico de crianças e adolescentes com meningite entre 2009 e 2019 no Estado do Mato Grosso.

Amanda Dantas Sabbi, Amanda Deirane Martins, Bárbara Aparecida Braun Pinto Mendes, Isabela de Oliveira Rezende, Hellen Rose Souza Cortez, Emmanuela Bortoletto Santos dos Reis, Rosa Maria Elias, Hugo Dias Hoffmann-Santos, Isabel Cristina Lopes dos Santos

Resumo


* DOI: 10.52908/coorte.v0i12.188

Resumo

Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico e clínico dos casos de meningite em crianças e adolescentes entre 0 e 19 anos no estado de Mato Grosso no período entre 2009 e 2019. Método: análise retrospectiva com dados coletados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), por meio do Sistema de Informação da Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso (DwWeb - SES-MT), no período de 2009 a 2019. As variáveis foram analisadas no programa Epi Info. Resultados: Durante o período do estudo foram notificados 875 casos, com uma maior ocorrência em 2009 e 2013. A maioria dos casos ocorreram em crianças e adolescentes pardos (54,40%) que residiam na zona urbana (90,63%), sem comorbidades (99,31%), sendo que 9,26% evoluíram para óbito. Não foi observado diferença no número de registros nas análises por faixa etária. A meningite asséptica liderou os casos (35,43%) seguida da meningite não especificada (29,71%) e, apenas 3,77% dos pacientes apresentaram menincococcemia, com um desfecho de óbito de 45,45%. A metodologia diagnóstica mais utilizada foi a quimiocitologia do líquor (60,11%) e a cultura (11,89%). Conclusão: os casos de meningite acompanhados de meningococcemia estão associados com as maiores taxas de mortalidade. Estes dados corroboram a importância de ações profiláticas e aprimoramento no manejo da doença. Ademais, em um grande número de casos não foi encontrado ou descrito o agente etiológico, de forma a prejudicar os dados quanto as principais etiologias da meningite no estado.

 

 


Palavras-chave


Meningite; Meningococcemia; Epidemiologia; Perfil epidemiológico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.52908/coorte.v0i12.188

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 COORTE - Revista Científica do Hospital Santa Rosa

* e-ISSN:  2358-3622

*    ISSN: 2178-0544

*  DOI:  10.52908

_____________________________________________________________________________________________________________________

Indexada em: